quarta-feira, 3 de junho de 2015

Multiplicaram-se através dos tempos, variados conceitos a respeito de Deus. Por mais complexos, tornaram-se insuficientes para expressar toda grandeza do Criador. Somente Jesus logrou fazê-lo com perfeição, utilizando-se de uma linguagem simples, no entanto portadora de alta carga racional e emocional, chamando-O de Pai. O designativo excelente preenche todas as lacunas deixadas por outras definições e referências. Deus é o Pai Criador,o Genitor Divino, a Causa Incausada de todos os seres e de todas as coisas. Tu és filho de Deus, cujo amor inunda todo o universo e se encontra presente nas mais íntimas fibras de teu ser. Tens por fatalidade na vida: a plenitude! Lográ-la, de imediato ou mais tarde, dependerá do teu livre-arbítrio. Por isso, empenha-te no sentido de conseguir êxitos aos teus empreendimentos íntimos, mesmo que a custas de sacrifícios, recordando-te sempre que, em qualquer situação, Deus está contigo.


Joanna de Angelis

Nenhum comentário:

Postar um comentário